Histórias de Superação. #2

Mais uma da série: Histórias de Superação. A segunda história é a da Nádia Salgado, que conta um pouco dessa trajetória e como ela passou com muita força e fé. É emocionante. Assista o relato completo no vídeo 😉

Olá, amigas!
Eu me chamo Nádia Cristina, tenho 61 anos e venho por meio deste deixar meu depoimento para essa causa tão importante!
Inicio meu relato no ano de 2014, período de muita luta e vitória com Cristo, pois tudo que temos que passar, ninguém passa por nós. No referido ano, minha mamografia acusou microcalcificações sem deixa claro do que se tratava. Assim, minha médica pediu uma biópsia para uma melhor avaliação.
Como solicitado, realizei-a imediatamente e, num primeiro momento, estava tudo bem, sem alteração alguma. Apesar disso, foi necessário colocar um clipe metálico para identificar o local onde foi coletado o material para a biópsia.
No ano seguinte, refiz todos os exames rotineiros e os mesmo continuaram sem alteração alguma e, despreocupadamente, marquei os mesmos exames para o ano de 2016. Entretanto, num hiato de seis meses, comecei a notar um caroço na mama, a mesma das microcalcificações anteriores. Assumo que achei que era meu corpo rejeitando o clipe metálico que havia colocado, daí não me preocupei e esperei os exames para o próximo ano, mesmo com o crescimento do caroço.

…pueril ignorância.

No ano de 2016, durante os meus exames rotineiros, minha médica perguntou há quanto tempo o caroço estava ali. Prontamente respondi que aquilo não era um nódulo, mas o clipe metálico, o que foi imediatamente refutado pela referida profissional que aquilo era um nódulo, e dos grandes, pois o clipe estava na outra mama.
Assumo que meu chão sumiu na hora, mesmo a minha médica buscando explicar de todas as formas de que aquilo poderia ser nada, fiquei receosa.
Contudo, fiz uma nova biópsia a fim de averiguar melhor tal corpo estranho. Com o resultado em mãos, fui em três médicos diferentes e cada afirmava uma versão até que o terceiro profissional solicitou uma nova biópsia. Daí veio o resultado, era um câncer grau II-infiltrante!
Precisava operar o quanto antes!
O que me preocupava durante essa corrida contra o tempo foi a demorada burocracia do plano de saúde, mas meu cirurgião foi incansável com a companhia a fim de agilizar todo o processo operatório. Assim, minha operação foi logo marcada e tudo correu bem, graças a Deus, pois os linfonodos não estavam comprometidos, apesar do tumor estar com quase três centímetros em apenas seis meses!
Após o processo operatório, passei por todas as etapas: quimioterapia, radioterapia, injeções para a imunidade, sem contar o remédio que precisarei ingerir ao longo de cinco anos. Além disso, agora faço exames semestrais e exames de sangue trimestrais a fim de vigiar alterações das taxas hormonais.
Foi um momento muito difícil para mim e minha família, mas Deus e Nosso Senhor Jesus Cristo ficou ao meu lado em todo momento me dando forças que sequer sabia que possuía. Só mesmo Ele para fazer essa linda obra em minha vida. Ademais, não poderia deixar de salientar a ajuda hercúlea da minha família maravilhosa.
No último dia 02 de Abril, completou-se dois anos de todo o processo ocorrido eposso afirmar, com convicção de fé, que estou gozando de plena saúde. Foi um processo pelo qual tive que passar e foi um aprendizado e tanto. Assim, peço às mulheres que não negligenciem seus exames, mesmo quando os mesmos apresentarem taxas normais e quem estiver passando por esse processo, desejo muita força e estarei em constante oração por todas vocês.
Somos, antes de tudo, guerreiras e vencedoras em Cristo! Que sejamos gratas e que vivamos com alegria sempre!
Grande beijo a todas.
Nádia Cristina da Silva Salgado

Agende sua consulta e exames:
(21)3952.4800
Levesaude.com.br

Se você conhece alguém ou se você quiser contar a sua história, mande para faleconosco@levesaude.com.br

Deixe uma Resposta